23.11.07

Abusados


Certa vez no, colégio ainda, ouvi já não lembro se foi na aula de história ou geografia o seguinte relato, não literalmente transcrito, mas com o mesmo sentido:

"Os piores abusos da ditadura militar não foram cometidos pelos graduados soldados. A barbárie organizadamente instituida era promovida pelos mais baixos escalões. Policiais de bairros, guardas civis, guardas de trânsitos, entre outros profissionais, protegidos pelos cargos ocupados viram-se donos de uma autoridade sobre-humana, passando por cima dos limites e das liberdades dos cidadãos, molestando-os física e psicologicamente."

Relembro esse fato, pois ontem esperando o ônibus em um terminal localizado no coração da metrópole paulistana presenciei uma cena de abuso incontestável.

Um segurança deste terminal de ônibus retirou a empurrões e xingamentos um passageiro, que demorava a se retirar do transporte.

Independente da real demora desse indivíduo em desembarcar do ônibus, a "autoridade" do terminal urbano só teve aquela atitude porque se tratava de um homem maltrapilho e sujo, possivelmente alcoolizado.

E o que isso importa? Educação e respeito, jeito mesmo, são fundamentais no trato com pessoas, para todos, inclusive e sobretudo para profissões que devem presar pela ordem.

Em outra situação, dias atrás, em um café na região da Av. Paulista, presenciei com amigos outra postura grosseira para com seres humanos. O segurança do tal café afastou a berros e agressividade meninos de rua que pediam dinheiro aos clientes.

Não julgo que fosse certo a atitude dos meninos em esmolar, contudo também não é certo tratar desumanamente pessoas que já se encontram em situações de extrema desumanidade.

Parece que o homem já não sabe mais lidar com seu igual.

4 comentários:

Jackson Jr. 23/11/07 13:23  

vou pensar melhor antes de te chamar de "abusado" agora.

;)

Thiago de Assumpção 23/11/07 14:46  

nossa...
nem pensei nisto..
belo texto cara..
abração

Marina Gurgel 23/11/07 15:43  

"Educação e respeito, jeito mesmo, são fundamentais no trato com pessoas, para todos, inclusive e sobretudo para profissões que devem presar pela ordem."
Aodrei o texto e isso que você disse deveria definir todas as relações humanas. Tenho sentido falta disso...

Marco Antonyo 23/11/07 16:19  

Enoja-me saber que somos tão evoluidos e tão boçais. Contraditoria humanidade.

          © Zapping News - Blog Design Emporium Digital | Daniela Milagres

TOP