9.2.08

Intolerância tupiniquim


Essa tem dois lados. O primeiro é a idiotice do agressor que quis ofender imputando a alguém a conotação de homossexual, identificada na figura do deputado federal Clodovil Hernandez.

Mas o agredido também não está livre. Ofendido por ter sido "xingado" de gay, ou melhor, Clodovil, esse senhor que é "pai de família" entrou com um processo.

Quem está certo? Quem está errado? Ambos.

E seguiremos nessa "barbárie civilizada" enquanto termos como macumbeiro, gay, homossexual, negro, entre tantos outros continuarem sendo ditos e interpretados como demérito, sinônimos de ofensa.

11 comentários:

Black Angel 9/2/08 16:53  

Meu rei a quanto não venho e quando venho sou o 1º hehehehehe bem se ambos estou certo não sei... mas o problema não são as palavras mas a tonalidade, e as situações em que são empregadas, não acho ruim ser chamado de negro, desde que não usem isso com tom pejorativo e diminutivo ai sim o negro vira onça... e isso é com qualquer pessoa o fato de ser não degrine mas o fato de ser minimizado por ser isso sim agride... quanto ao reajuste meu caro bem vindo ao Brasil, país do tudo pode... alguém sempre paga conta... e viva os impostos e as tarifas... é carnaval ainda...

Daniel 9/2/08 17:00  

Eu sou gay, mas me perdoem, mas figuras como Clodovil e Ronaldo Esper só prejudicam a causa gay...

Daniel 9/2/08 17:02  

Ah, e no caso do Clodovil é pior, porque além de manchar a causa gay, ele também difama a imagem político, que é tão mal falado nesses tempos baixaria no Senado e lembremos que nem todo político é corrupto e ladrão.

Fantôme 9/2/08 18:20  

Concordo com o cara que disse que figuras como Clodovil e Ronaldo Esper, verdadeiras bonecas, só fazem aumentar o preconceito que os gays sofrem. Até hoje, ainda há quem ache que gay tem que ser sinônimo de bicha velha, que fala fino, requebra e dá gritinhos. Eu que sou gay e não sou nada disso, até chego a concordar com esse tal vereador que chamou o outro de Clodovil.

Liz / Falando de tudo! 9/2/08 18:22  

Que absurdo! Até parece que essa gente nao tem com que se ocupar!!
Todos dois tem que procurar o que fazer!!
Meu lindo muito obrigado pela visita e pela força, realmente me ajuda ver que tem gente se preucupando de verdade com o problema de minha irma!
Merci

Jarbas 9/2/08 18:42  

aff. olhe, vou te dizer uma coisa, aqui eu escuto cada coisa pra tentarem me ofender, seu fosse levar tudo mundo para a policia... só ia ter processo meu lá.

[anyway]

fico triste que os governantes ainda sejam tão retrógrados;

bom fim de semana

BHY 9/2/08 18:54  

Os cartões, o novo tema para CPI. E os políticos e sua decência de sempre. Ai, ai... O ano realmente começou.
;-)

Ainda mais por dentro...(rick) 9/2/08 19:02  

Acredito que a politica nacional é totalmente anti-pedagogica...
O que é ser gay no Brasil hoje? A midia passa uma imagem depreciativa e por isso o tom negativo da palavra. Amar ser gay e facil para mim, pois me conheço e compreendo o significado dessa palavra. E para os milhares de brasleiros que assistem a globo, o panico na tv, o programa do tom cavalcante? Para eles ser gay é uma piada. Assim como ser negro e ser macumbeiro.
Por isso acho importante nossos blogs e nossos textos para mostrar que somos gays e que não vivemos sobre os estigmas pregados pela sociedade.
beijos

Tiago 10/2/08 14:54  

E com certeza mta coisa ainda precisa ser ajeitada nesse contexto de xingamentos e de ofensas ao qual a nossa sociedade está imersa!

E não é raro vermos uam realidade assim no nosso país não é?
E tenha um belo dia meu querido!

Jôka P. 10/2/08 20:47  

Acredito na liberdade das pessoas serem "efeminadas", bichas, bichinhas quá-quá, viadinhos, tias carteirão, barbies bombadas, sapas masculinizadas e tudo mais o que forem.
Ninguém tem que julgar ninguém.
E muito menos exigir que "não sejam afetados".
Tremendo preconceito, mentalidade boba e deprimente começando dos próprios gays ! Que decepção !
Somos todos diferentes, em formas, posturas e cores.
É por isso que temos o símbolo do arco-íris.
E é aí que está toda a graça.

Osc@r Luiz 11/2/08 12:15  

Intolerância é ainda um veneno que a nossa sociedade dita "civilizada" ainda não conseguiu achar o antídoto.
Sabe que eu acho que com a evolução espiritual a tendência é que desapareça, mas pode levar tempo, não é, meu amigo?
Um abraço!

          © Zapping News - Blog Design Emporium Digital | Daniela Milagres

TOP