10.1.07

Quando há fantasia e magia na guerra...

Hoje no Zapping News:
O estupendo O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro... e considerações ao BBB7...

Pessoas amigas ainda estou sob efeito do lúdico, forte, cruel, e sublime filme mexicano que assisti ontem, a saber:

O Labirinto do Fauno

Pense num filme de guerra em que a protagonista é uma menina que acredita em contos de fadas. Pensou? Agora a algumas considerações: não, o filme não é hollywoodiano e a menina não tem um pai herói que percorre grandes distâncias para salvá-la da violência.
Em O Labirinto do Fauno, o cenário é a Espanha franquista de 1944, em que tropas da resistência tentam lutar frente ao exército espanhol da consolidação da ditadura. Ofélia (Ivana Baquero) é a menina junto com sua mãe grávida vai ao encontro de seu padrasto um general numa casa que serve de base do exército na zona rural norte do país.

Triste com o falecimento de seu pai, e por ter de conviver com o general que não se mostra nem um pouco amável e afetuoso, Ofélia busca na fantasia um refúgio para a sua realidade. Ela então descobre um mundo mágico em que fadas, mágia e seres exuberantes e existem e ela é a reencarnação de uma princesa que fugiu de seu mundo subterrâneo para ver a luz brilhante e acolhedora do Sol e ao fazer isso nunca mais consegue voltar para casa. Ofélia (ou princesa Moana) tem que cumprir 3 tarefas para poder voltar ao seu reino e quem a ajuda (nem tanto) em sua aventura é uma criatura mágica, um tanto cínica, denominada Fauno.

O filme dirigido pelo mexicano Guillermo Del Toro consegue unir de forma irreparável a importância da fantasia e a crueza da guerra que tira vidas e só traz pesar. Juntas essas duas tão opostas facetas da humanidade chocam e sublimam sensações. Um filme tocante, em que até o idioma usado (espanhol) dá densidade dramática a história narrada.

BBB7
Não tem como eu não falar... clichês e mais fórmulas pra chamar audiência: paredão logo de cara, eliminação de participante por ter relacionamento com filho de diretor da Globo... Um Bial que já não tem mais do que fazer piada, afinal já é a 7ª edição de um programa que não tem enredo, roteiro ou melhor tem: os bonitões e as gostosonas se conhecem, gritam empolgados pela oportunidade de estarem na casa, pela beleza de tudo e pela possibilidades de se tornarem celebridades, já fazem "amizades" e tentam traçar o perfil dos integrantes da "nave" BBB.

Tem sempre o pegador, a gatinha sensual, o brincalhão, a boa moça, o tímido e assim vai... Convenhamos, a mesmice enfadonha de tantas outras edições...

Finalizando por hoje...
Durou pouco o bloqueio ao YouTube! Graças aos protestos dos usuários e repercussão na mídia continuamos habilitados a ver de tudo um pouco nesse site que já tomou parte da cultura geral...

1 comentários:

el loues 12/1/07 15:01  

Pois eu discordo de quase tudo o que vc falou do BBB!!!

Acho o programa super legal, manu!!! Cê vê as mina tudo gostosa na piscina lah, dão.... soh eh foda aqueles bolacha tudo bombadinho achando q vai pegar...aí eh foda!!!

mas ae truta... chegando do rolé, jah ligo a tv, é fico vibradão, ó.... várias treta, intriga, manu, tah ligado???
manu... o barato é mesmo loco, cê vê que as pessoa é tudo ruim mesmo, manu, cada querendo fazer o seu e foda-se, tah ligado!!!

ow... e aquele bial lah hein?? mór inteligente o cara... deve catá muié pra caralho neh!!

salve ae simpatia... ow manu alberto... depois comenta um pouco aí sobre a volta do rambo esse ano!!! aí ó... o maluco é mtooo loko, estalone destrói.. soh nas metranca hahahaha

abração, irmão!!!

          © Zapping News - Blog Design Emporium Digital | Daniela Milagres

TOP